FANDOM


Steven Universe Esta página é uma transcrição finalizada de Educação de Consciência.
Não edite esta página, a menos que você encontre algum erro gramatical ou descrição incorreta.
No caso de outros tipos de mudança, por favor entre em contato com a administração.

(O episódio começa com Connie batendo na porta do Templo. Steven abre-a e começa a conversar com ela.)

Steven: Dia bonito, não é?
Connie: É, deve ser. (Connie entra na casa sem perceber que Steven estava careca.)
Steven: Então... meu pai falou que isso aconteceria em algum momento, mas, não achei que fosse da noite pro dia.
Connie: É, claro. (Connie não presta atenção em Steven e fica revirando as coisas dentro de sua bolsa.)
Steven: Connie! Eu tô careca!
Connie: Ah, o que aconteceu?
Steven: Nada, era brincadeira. (Steven tira a peruca do cabelo e a guarda em seu bolso, triste por Connie não ter notado.)
Connie: Ah, tá bom.
Steven: Ei, tá tudo bem? (As Gems chegam no teletransportador.)
Pérola: Steven, Connie, espero que estejam prontos para a aula especial de hoje.
Connie: Ai não, era pra trazer alguma coisa?
Garnet: Só vocês mesmos.
Pérola: A Garnet vai acompanhar. Ela está bem animada pra ver vocês lutando como Stevonnie.
Connie: Ah, tá, treinamento de fusão. (Connie fala em voz baixa.)
Garnet: Eu fiz uma placa. Uh. (Garnet mostra a placa que fez.) Esse lados é pra vocês dois e esse lado é pra Stevonnie. Duas placas em uma. Uma placa fusão.
Steven: Hahaha, piada de fusão. (Steven cotovela Connie.)
Connie: Hehehe.
(Steven, Connie, Pérola e Garnet aparecem na Arena das Nuvens para o treinamento especial. Connie e Steven estão de um lado e Pérola com suas Holo-Pérolas de outro, prontas para ataque.)
Pérola: Prontas, crianças?
Steven: Sim senhora! (Steven cotovela Connie de novo.) Connie!
Connie: Sim, senhora!
Garnet: Steven, Connie, uh! (Garnet está sentada nos bancos, torcendo por eles.)
Holo-Pérolas: Iniciando dança de fusão. (As duas holo-Pérolas falam devagar e começam a dançar, afim de se combinarem em uma Holo-Pérola maior, fundidas.)
Fusão Holo-Pérola: Podem vir, crianças.
Steven e Connie: Hum. (Steven e Connie começam a dançar e se fundem em Stevonnie.)
Garnet: Stevonnie, vai. (Ela fala em pensamento.)
Stevonnie: Vamos entrar na dança. (Ela invoca seu escudo e pega sua espada para atacar.)
Pérola: Vamos, começar! (Holo-Pérola fusão e Stevonnie começam a trocar ataques de espadas, até que Stevonnie flutua.)
Stevonnie: Hahaha.
Pérola: Hã, oh! (Stevonnie flutua até parar em cima de uma pedra alta quebrada.)
Stevonnie: Haha, beleza. A Stevonnie tem poder de flutuar. Hora de terminar o serviço. (Ela pula da pedra e avança na direção da Holo-Pérola fusão, mas, quando vai quase atacar, sua visão muda e ela começa a ver um garoto em um plano de fundo laranja.) Ah, me desculpa! (Stevonnie cai e se desfunde, mas não ataca a Holo-Pérola fusão.)
Pérola: Hã!
Garnet: Hã!
Pérola e Garnet: Steven, Connie!
Steven: O que houve?
Connie: Hã, ah! (Connie corre dali, sobe as escadas e vai para fora da Arena.)
Steven: Connie, espera! (Steven a segue e vê ela chorando. Ele se senta e conversa com ela.) Hey, o que ouve?
Connie: Eu fiz uma coisa horrível na escola e eu não sei o que fazer.
Steven: Ah, você não é assim. O que houve? (Steven tenta consolá-la.)
Connie: Bati num menino.
Steven: O quê?
Connie: Um garoto que eu não conhecia. Ele esbarrou em mim no corredor, eu... eu fiquei assustada, meus instintos do treinamento reagiram e, eu revidei! Eu fiquei tão envergonhada e sai correndo.
Steven: Mas você não queria machucar ele. Ah, eu sei como é. As vezes você machuca os outros, por acidente. Só tem que... tentar não pensar nisso.
Garnet: Segura aí. Agora prestem atenção em mim.
(Garnet, Steven e Connie aparecem na beira do mar, dando conselhos à eles.)
Garnet: Para a fusão funcionar, é preciso equilíbrio. Desequilíbrio faz com que a fusão perca contato com a realidade: ver coisas que não estava lá e em certo momento se desfazer. Então resumindo, se um de vocês perder o controle, a fusão também vai perder. (Steven e Connie se olham, preocupados.) Para encontrar o equilíbrio, precisam entender seus sentimentos. Para entender os sentimentos, precisam enxergá-los bem sem fugir de nenhum.
Connie: Enxergar bem?
Garnet: Eu vou mostrar, mas primeiro, precisamos da Stevonnie.
Steven e Connie: Ah, hum. (Os dois se fundem. Garnet ensina-lhe um gesto com as mãos e ela o faz.)
Garnet: Feche os olhos.
Stevonnie: Tá bem.
Garnet: Respire. Aqui no escuro, está tudo bem. Escute as ondas e deixe-as ir embora. Aí vem a reflexão.
Stevonnie: Hã! (Stevonnie abre os olhos e percebe que está em um lugar imaginário.)
Música: Um Pensamento
Garnet: Pare pra pensar, por favor ♪
♪ Flexibilidade e amor ♪
♪ Pare pra pensar, por favor ♪
♪ Em flexibilidade e amor ♪

♪ Um pensamento ♪
♪ Pode assustar você ♪
♪ O que disse alguém ♪
♪ E assim magoou você ♪

♪ Algo que fez ♪
♪ Não foi agradável ♪
♪ Coisas que disse ♪
♪ De um jeito instável ♪

♪ E então, foge a visão ♪
♪ Tato também ♪
♪ Todas essas coisas ♪
♪ E a importância que têm ♪
♪ Confundem você, afastam você ♪

♪ Um momento pra se lembrar, de um ♪
♪ Só momento pra se encontrar ♪
♪ Um momento pra perguntar se ♪

♪ É assim, vai desabar ♪
♪ Mas não é, mas não é, mas não é, mas não é, mas não é ♪
♪ Tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem ♪
♪ Não tem nada, não tem, não tem nada, tem nada a temer ♪

♪ Eu estou aqui, aqui ♪
Stevonnie: Um pensamento
♪ Pode me assustar ♪
♪ O que disse alguém ♪

♪ E veio a me magoar ♪
♪ Algo que fiz ♪
♪ Não foi agradável ♪
♪ Coisas que eu disse, de um ♪

♪ Jeito instável ♪
♪ E então, foge a visão ♪
♪ Tato também ♪
♪ Todas essas coisas ♪
♪ E a importância que têm ♪

♪ Confundem a mim ♪
Ambas: Te afastam de mim ♪
♪ Um momento pra se lembrar, de um ♪
♪ Só momento pra se encontrar ♪
♪ Um momento pra perguntar se ♪

♪ É assim, vai desabar ♪
♪ Mas não é, mas não é, mas não é, mas não é, mas não é ♪
♪ Tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem ♪

♪ Não tem nada, não tem, não tem nada, tem nada a temer ♪
♪ Eu estou aqui, aqui ♪
♪ Um pensamento foi, pensamento, um só pensamento que foi ♪
♪ Tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem, tudo bem ♪

♪ Nós podemos, podemos, podemos ver tudo passar ♪
♪ Daqui, daqui, daqui ♪
Stevonnie: Pare pra pensar, por favor, em ♪
♪ Flexibilidade e amor ♪
♪ Pare pra pensar, por favor ♪
♪ Flexibilidade e amor ♪
(No dia seguinte, Connie entra no Templo, animada. Steven está deitado ao lado da janela.)
Connie: Steven, eu tô pronta pra treinar. Foi muito bom falar com a Garnet, eu descobri o que precisava fazer. Já falei com o Jeff. É o nome dele, aliás. (Connie mostra a foto dela no celular ao lado de seu colega, Jeff, à Steven.)
Steven: Sério? Falou?
Connie: Eu pedi desculpas e ele entendeu. Ele até perguntou se eu podia ensinar ele a lutar, haha.
Steven: Que legal.
Connie: É engraçado. Eu passei o maior tempão me sentindo mal em vez de fazer alguma coisa, tipo, eu tava tentando não pensar naquilo e só piorou tudo. (Connie põe a mochila na mesa e começa pegar algo.) Agora que a consciência tá limpa, vamos nos dar muito melhor como Stevonnie. Enfim, eu vou me trocar. (Connie vai se trocar e Steven fica na sala. De repente, ao olhar para a bolsa, percebe uma borboleta branca para sob a espada de sua mãe, igual à da zona imaginária de sua reflexão com a Garnet. Novamente, Garnet, Pérola e Stevonnie estão na Arena das Nuvens. Stevonnie começa a ser atacada pelas holo-Pérolas e atinge-as com suas espada. Ela derrota com um chute uma holo-Pérola que estava com um machado na mão.)
Pérola: Ótima técnica, Stevonnie. Continua.
Stevonnie: Obrigada. (Stevonnie corre na direção de uma holo-Pérola parada e, quando vai acertar a espada no tórax dela, para e se vê diante de um cenário laranja e com a mesma cena que quando Steven estava com a espada fincada no peito de Bismuto. Bismuto, então, estoura em um amontoado de borboletas brancas.) Ai não, tá acontecendo de novo. Quem era essa? Bismuto. Steven? Ai não, tá vindo de mim agora. (Connie e Steven conversam consigo mesmos em forma de fusão.)
Garnet: Stevonnie! Respire! (Stevonnie volta a ver a realidade.)
Pérola: O que foi que houve? O que está acontecendo com eles?
Garnet: Eles conseguem. (Garnet põe as mãos nos ombros de Pérola.)
Stevonnie: Hã, é, eu... (Stevonnie começa a ver tudo mudando novamente, agora como se estivesse diminuindo seu tamanho. Jasper aparece, em seu processo de corrupção.) Jasper? (Jasper, gigante, se aproxima dela.) Eu... eu tentei te ajudar. Você não quis ouvir. Eu... eu mandei você parar, eu não tive escolha. (Jasper some e Stevonnie vê a Rubi (Olhinho) também gigante, prestes a lhe dar um soco.) Me desculpa, eu não devia... não, tá tudo bem. Tudo bem, nós podemos pensar nisso. (Jasper, Bismuto e Rubi aparecem juntas, rodando ao redor de Stevonnie.) Eu pensei que eu pudesse, mas, eu não consigo. (As três personagens estouram em milhões de borboletas brancas. As borboletas começam a girar em círculos e formam um rosto gigante de Rose. Stevonnie, assustada, deixa cair a espada no chão e começa a recuar, chorando.) Me per... Ah! (Stevonnie, ao recuar, começa a cair da Arena.)
Pérola e Garnet: Stevonnie!
Stevonnie: Ah! (Stevonnie se desfunde.)
Connie: Estamos caindo! Steven! Vamos nos fundir, podemos flutuar, vai dar tudo certo! Steven?
Steven: Eu não queria machucar ninguém! (Steven está com as mãos nos olhos, chorando.) Desculpa. (Connie vai na direção dele.) Nenhuma quis me deixar ajudar, eu não tive escolha!
Connie: Tá tudo bem.
Steven: Não tá não.
Connie: Mas você pode pensar nisso.
Steven: Mais é tão ruim!
Connie: Não tem problema. Não tinha nada que você pudesse fazer.
Steven: Eu não quero mais sentir isso.
Connie: Você precisa, tem que ser honesto sobre como se sente pra poder seguir em frente. Foi assim comigo. (Os dois ficam de mãos dadas, caindo mais e mais.)
Steven: Tá bem. (Os dois se fundem. Stevonnie continua caindo, mas em um cenário laranja e cheio de borboletas em formato de redemoinho. Ela respira fundo.)
Stevonnie: Respira. (Depois de respirar, ela passa pelas borboletas e, finalmente, consegue se acalmar e flutuar até parar no chão, onde volta a ver a realidade.) Hahaha. (Stevonnie se deita na grama, aliviada.) Eu tô aqui.
(O episódio acaba.)

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.