FANDOM


Steven Universe Esta página é uma transcrição finalizada de Presos Juntos.
Não edite esta página, a menos que você encontre algum erro gramatical ou descrição incorreta.
No caso de outros tipos de mudança, por favor entre em contato com a administração.

(O episódio começa na Nave de Água Marinha. Uma das topázios agarra Steven)
Água Marinha: A Rose Quartz. Dá pra acreditar? E ela simplesmente se entregou!
Steven: Isso aí, me pegaram, criminosa galáctica Rose Quartz! Adoro estilhaçar Diamantes, por mim estilhaçava o tempo todo!
Água Marinha: Você acha que estilhaçar é ruim? Espera até as Diamantes botarem as mãos em você!
Steven: Pelo menos o pessoal está a salvo...
(A outra topázio aparece, arrastando Lars para fora do núcleo)
Lars: O que você tá fazendo? Ai, me larga. Steven!
Steven: O quê?! Lars?!
Água Marinha: Ó, parece que trouxemos um dos humanos junto afinal. Eu não sei o que vamos fazer com só um deles, mas isso é algo para as Diamantes decidirem.
Steven: Pera aí! Água Marinha, trato cancelado! Vocês só podiam me levar, sem humanos. E ele é um humano!
Água Marinha: Ai não, a Rose tá chateada porque o tratinho dela não deu certo? Olha, eu tô comovida, chorando. Ha ha ha ha ha! Brincadeira, é a minha Gem. Topázio, o que é que você acha? Soltamos o amiguinho dela? (As topázios não se expressam) Eu concordo. Vai lá, acaba logo com isso.
Lars: Não, não, não, não, de novo não! (Elas voltam a se fundir)
Água Marinha: Eu vou avisar as Diamantes sobre a nossa querida prisioneira. Diga, Rose, como eu estou?
Steven: Horrível, pequena e malvada!
Água Marinha: Ha ha ha ha ha ha! Foi assim que convenceu tantas Gems a se unirem a sua rebelião? Que fofo. Topázio, imagino que ainda consiga pilotar a nave apesar de suas, sabe, adições.

(Entra-se em hipervelocidade)
Lars: Steven, isso é tudo culpa sua. Toda essa coisa esquisita de alien é história sua, não é?
Steven: Sim, é claro que é! Foi por isso que eu me entreguei, pra salvar vocês!
Lars: É, acabou que não deu muito certo, não é?
Steven: Ué, o resto todo do pessoal conseguiu fugir da nave, onde você tava?
Lars: Eu fugi e me escondi, Steven. Como qualquer pessoa sensata faria... se quissesse ficar presa numa nave.
Steven: Lars...
Lars: A Sadie estava em perigo e eu não fiz nada. Na verdade, pera aí, eu fiz uma coisa, eu fugi e me escondi! Que nem eu sempre faço. Assim como eu fugi do nosso jantar.
Steven: Mas você foi raptado, não foi a sua culpa.
Lars: Não... eu joguei o bolo fora e fugi pra casa, depois eu fui raptado. Ai, por que eu não deixo comerem minha comida?!
Steven: Temos que tirar você daqui, só deixa comigo. Ei, olha, você prendeu a Rose Quartz, pra que ligar pra ele? Não vale nada.
Lars: Valeu aí, Steven.
Steven: Não, é tipo... sem valor... não valer nada tipo... comparado a mim.
Lars: Pelo menos eu sirvo como uma ótima almofada. Tá confortável, banana gigante?
Steven: Acho que ela não tá ouvindo. Tá ouvindo? Sua... o que foi que o Jamie chamou? Sua casacão esquisito perigoso!
Lars: É claro que ela não tá ouvindo, Steven. Olha esses fones no ouvido dela.

Steven: Ai.
(A nave apresenta problemas)
Água Marinha: As Crystal Gems devem ter estragado o nosso motor na decolagem! Topázio, vá consertar! (Topázio obedece e desce ao núcleo)
Steven: Lars, procura alguma coisa pra ajudar. (Steven nota um lote de desestabilizadores) Desestabilizadores! Perfeito.
Lars: Desestabi o quê?
Steven: É uma arma que desfaz a forma física de uma Gem.
Lars: Show, valeu por explicar. Ainda não sei o que é.
Steven: Só me escuta, eu tenho um plano. Preciso que você seja os meus braços.
Lars: Ah, tá...
Steven: Lars, tira a minha calça.
Lars: O quê?!
Steven: Confia em mim, tô tentando te salvar.
Lars: E se eu não quiser ser salvo? E se eu quiser ficar preso aqui e voar pelo espaço? E por que as calças, esquisito?
Steven: Só tira logo!
Lars: Pronto, tirei. (Com muita má vontade, Lars faz)
Steven: Boa, agora amarra as pernas e faz um laço.
Lars: Não dá, caiu no chão.
Steven: Por que minha calça tá no chão?
Lars: Eu não sei Steven, por que estamos no espaço?
Steven: Lars, pega a calça e amarra num laço!
Lars: Ai... tá! Uau, funcionou, estamos em casa, ótimo plano.
Steven: Aff... vai, agora laça o desestabilizador.
Lars: Eu ainda não sei o que é isso.
Steven: Aquilo, aquela coisa! Vai lá Lars, você consegue.
Lars: Ai... tá.
Steven: Vai lá, tenta de novo.
Lars: Eu não quero tentar de novo.
Steven: Lars, joga o laço!
Lars: Tá! (Impaciente, Lars joga longe)
Steven: Qual é o seu problema, Lars?! Por que você fez isso?!
Lars: Porque você acha que eu consigo fazer as coisas! Você acha que eu consigo fazer várias coisas, só que não! Eu não consigo porque... eu sou um lixo, Steven. Eu tenho... medo. Eu sempre fui um bobo e medroso, diferente de você, você tá sempre ajudando os outros... você nunca tem medo.
Steven: Lars, eu tô com medo agora. Eu pensei que se eu me entregasse eu consertaria tudo, mas eu não quero fazer isso, Lars. Eu já estive no espaço, mas não desse jeito. Estão me levando direto pras líderes terríveis que querem destruir a Terra e me destruir por uma coisa que eu sequer fiz! Eu só queria salvar todo mundo, mas não consegui no início, porque olha, você tá aqui.
Lars: Steven...
Steven: Me desculpa, eu não faço ideia de como tirar você dessa.
Lars: Nós... damos um jeito. A gente tem tipo um milhão de anos luz até chegar lá, né?
Steven: Pela primeira vez na vida você vai pensar positivo? Não tem que ser otimista... qual é, você não é assim. Você é sempre realista, falando que as coisas são péssimas.
Lars: Tá bom, é verdade. Isso é muito, muito zoado mesmo, Steven.
Steven: Sabe o que é mais zoado ainda? Mesmo que você esteja numa furada, e a culpa é minha, eu tô feliz por você estar aqui. Eu... eu não quero ficar sozinho agora. Não é horrível?
Lars: Cara, no momento tudo é meio que horrível.
Steven: Eu te abraçaria, mas não dá pra usar os braços.
Lars: Eu podia tentar usar as pernas, mas seria esquisito.

(Topázio chora e usa a calça de Steven como lenço de papel)
Topázio: Isso é tão... é tão bonito. Mesmo nas garras da morte certa, estão felizes por ter um ao outro.
Steven: Topázio...
Topázio: Eu não sei o que a Topázio faria se não tivesse a Topázio. Eu sempre quis me dizer como eu estou me ajudando aqui, mas sempre tem alguém entre a gente! Sempre me mandam em missões terríveis... eu sempre finjo que não tem problema. Eu tenho que fingir que tô bem, mas vocês dois... são tão sinceros e abertos! Então, eu quero ajudar vocês. Do que precisam?
Steven: Sair dessa nave. E da minha calça.
(Sorrateiramente, ela ativa o módulo de fuga)
Topázio: Tudo bem, podem usar o módulo de fuga. Vou traçar as coordenadas pra Terra.
Steven: Beleza Lars, entra aí e deixa que ele guia.
Lars: Do que que você tá falando? Você vem, né?
Steven: Não posso, é que eu me entreguei pra elas, eu tenho que ir. Alguém tem que pagar pelo que minha mãe fez.
Lars: Mas você não quer fazer isso. Cara, esquece, deixa pra lá!
Steven: Eu... (É interrompido pela fala de Água Marinha)
Água Marinha: Topázio, o que você ainda está fazendo aí embaixo, seu pedregulho? Estamos quase no Planeta Natal. O que você está fazendo?!
Topázio: Olha, eu posso explicar. Tiveram um momento bem emocionante sobre ter um ao outro e você perdeu, isso foi tão comovente! (Água Marinha ligeiramente saca a sua varinha) Não, espera.
Lars: Eu não tô vendo o que tá rolando, a gente ainda vai fugir?
Água Marinha: Não! Ninguém vai fugir daqui! (A cápsula é destruída)
Topázio: Água Marinha, vamos conversar sobre isso.
Steven: É, aposto que você não quer machucar a gente. Você só deve fazer pose de má porque no fundo tem medo de ser fraca! Vai lá, põe pra fora, estamos nos abrindo aqui.
Água Marinha: Topázio, você tinha uma função, e se não vai cumpri-la, você já não serve pra mim! (Antes que Água Marinha possa paralisá-la, Topázio pega um dos desestabilizadores e a joga contra a parede) Então, vai se rebelar, é? E o que pretende fazer depois disso? Voltar pras Diamantes? Com a minha Gem na sua mão? Aposto que vão adorar isso, vai ter uma bela recompensa, né? Sendo separada e estilhaçada.
(Topázio se rende)
Topázio: O que eu estava pensando?
Água Marinha: Esse é o problema dessas fusões. Cedo ou tarde vocês todas ficam sentimentais. Chegamos. Olha, só desfunde, e nunca mais falaremos disso.

(Eles chegam no Planeta Natal. As topázios se desfundem e carregam Steven e Lars para salas opostas, enquanto estes gritam um pelo outro, acabando o episódio.)
Steven: Topázio, não precisa fazer isso. Espera, Lars!
Lars: Steven! Pra onde vão levar a gente?
Steven: Eu não sei!
Lars: Steven!
Steven: Lars!

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.