FANDOM


Steven Universe Esta página é uma transcrição finalizada de Reunidos.
Não edite esta página, a menos que você encontre algum erro gramatical ou descrição incorreta.
No caso de outros tipos de mudança, por favor entre em contato com a administração.

(O episódio começa com Steven cantando a música "Só Vamos Só Pensar em Amor", onde ele expressa seus sentimentos pela recente revelação sobre sua mãe e sobre o casamento.)
Música: "Só Vamos Só Pensar em Amor"
Steven: Mamãe foi um Diamante que invadiu, ♪
♪ A Terra e a sua beleza viu. ♪
♪ Ela fez um exército e lutou consigo mesma, ♪
♪ Mas será que issso importou, quando o seu, estilhaçamento forjou? ♪

♪ Sob o nome de Rose escondida viveu, ♪
♪ Com as amigas que fez e com a forma que escolheu. ♪
♪ Agora o que resta dela existe em mim, ♪
♪ E eu acho que se, é mesmo assim, ♪
♪ Isso é irritante no momento. ♪

♪ Eu preferia pensar no, casamento! ♪
♪ Vamos pensar em bolo. ♪
♪ Vamos pensar em flores. ♪
♪ Vamos pensar em nos vestir e dançar pelos corredores. ♪

♪ Nós podíamos pensar num monte de coisas horror, ♪
♪ Mas por um dia, só vamos só pensar em amor! ♪

Rubi: Vamos lá, Safira, eu tenho que me vestir pro grande dia, então, não olha. E sem visão de futuro.
Safira: Tá bem. (As duas estão cobrindo os olhos com a mão para evitarem de se olhar antes do casamento.)
Pérola: Oh, Steven. Eu queria ter te falado tudo antes sobre a Rose e a Rosa
.
♪ Poderíamos pensar, em mentiras do passado. ♪
Pérola: Levaram tão a mal. ♪
Steven: E pensar sobre sentimentos que nos deixam magoados. ♪
Pérola: Como seguir em frente? ♪
Steven: Ou pensar em esperança. ♪
Pérola: Hã? ♪

Steven: Eu ando esperando. ♪
Pérola: Mas o quê? ♪
Steven: Que tudo está claro e agora está melhorando! ♪

Steven: Bismuto, é o que você vai usar no casamento?
Bismuto: É a melhor roupa que eu tenho. (Bismuto está vestindo uma armadura.)
Steven: Tá afiada.

♪ Em bolo e em flores, nos podíamos pensar. ♪
♪ Ou então em promessas maravilhosas a realizar. ♪
♪ Nós podíamos pensar num monte de coisas horror, ♪
♪ Mas por um dia, só vamos só pensar em amor! ♪

Ametista: Eu não devia ter colhido rosas, acho que é meio... controverso. (Ametista está segurando uma rosa.)

♪ Ou então repensar, sobre a Rose talvez. ♪
♪ Tendo em mente a Rosa e as coisas que no passado ela fez. ♪
♪ Ou então nós podemos, pensar que esta é a hora, ♪
♪ De pensar mais em nós e de pensar no agora! ♪

Ametista: Se não formos usar, vamos precisar por outra flor.
Steven: Sem problema, a Peridot tá colhendo mais flores agora. Vou chamar ela. (Steven se teleporta até onde ficava o celeiro e encontra Peridot pensativa e triste.)

♪ ...mas por um dia, só vamos só pensar em... ♪

Steven: Peridot...
Peridot: E se a Lapis estava certa? Cedo ou tarde as Diamantes vão vir ao planeta pela Drusa. Nós todos vamos morrer aqui!

♪ Poderíamos pensar, em guerra e em lutas. ♪
♪ Poderíamos pensar em amigas perdidas em disputas. ♪
♪ Ou então pensar nas Gems quebradas na Drusa e nas demais! ♪
♪ Ou poderíamos pensar na bolha que fizemos, ♪
♪ Pra que elas não se machuquem mais. ♪

♪ Poderíamos pensar, em alegria em dor. ♪
♪ Poderíamos pensar no sol, ♪
♪ Na chuva ou no que for. ♪ (Steven pega Peridot pela mão e a leva para o Templo.)
♪ Nós poderíamos pensar num monte de coisas horror, ♪
♪ Mas por um dia, só vamos só pensar em... ♪

Ametista, Bismuto, Connie, Greg, Pérola e Peridot: Por um dia, só vamos só pensar em... ♪
♪ Por um dia, só vamos só pensar em... ♪
Steven: Amoooooooor! ♪
(Steven salta do Templo e flutua até ficar ao lado de Safira. Eles descem da casa e vão até os seus respectivos lugares. Steven faz uma pergunta à Safira.)

Steven: Tá nervosa?
Safira: Não mesmo. (Safira chuta um pouco de gelo do pé. Greg está tocando violão e Peridot jogando flores nos convidados.)
Peridot: Flores pra vocês! Flores pra vocês! Flores pra vocês! (Ela joga a flor no Sr. Fryman e ele cai da cadeira.) Comandante do casamento, todas as flores posicionadas.
Steven: Valeu, Peridot. (Rubi sai da casa e avista Safira no altar. Ela sai em disparada até chegar na noiva, forçando Greg a tocar mais rápido. Ametista apaga, com o pé, as chamas deixadas para trás. Steven inicia seu discurso.) Queridos amigos: Gems, humanos; Leões, grandes e pequenos; abóboras vivas, Cebola. Estamos aqui reunidos hoje para celebrar Rubi e a Safira. Duas das minhas pessoas preferidas que se fundem em outra pessoa preferida minha! Vocês todos conhecem ela como Garnet. É o amor delas em forma. Agora é a vez de vocês de falar sobre isso. (Steven dá a palavra para Rubi.)
Rubi: Olha, eu sei que isso é bobeira, porque, já estamos juntas há 5750 anos.
Safira: E oito meses.
Rubi: Eu achava que eu não era nada demais. Só mais uma rubi solitária. Mas, quando estamos juntas, eu sinto que, tá tudo bem eu ser eu mesma. Então eu quero ser eu, com você, e, e nem mesmo as Diamantes vão ficar entre nós. E se tentarem, acabamos com elas! (Safira ri.)
Safira: Rubi, meu futuro parecia que seria uma coisa única, sem curso. Imutável até o fim dos tempos. Mas, de repente, você me tirou desse destino e abriu meu olho para uma explosão de infinitas possibilidades futuras, correndo através do espaço e tempo, alteradas e obliteradas pela menor força de vontade. (Rubi e Steven ficam encantados com o que Safira acaba de falar.) O que eu quero dizer é... você mudou a minha vida e depois, eu mudei a sua. E agora, vamos mudar nossas vidas. (Safira pega a mão de Rubi.)
Steven: Bismuto, alianças. (Bimsuto fica parada.)
Ametista: Aí, Bismuto, é sua deixa. (Bismuto, chorando, entrega as alianças. Safira põe a aliança alaranjada no dedo anelar de Rubi e Rubi põe a aliança cinza no dedo anelar de Safira.)
Steven: Você, Rubi, aceita essa Gem pra ficar com você nesse planeta e em qualquer outro do universo?
Rubi: Eu aceito!
Steven: E você, Safira, aceit... (Safira interrompe Steven.)
Safira: Aceito.
Steven: Nem me deixou terminar.
Safira: É que eu estou muito empolgada.
Steven: Então, pelos poderes conferidos a mim pelo estado de Delmarva, eu agora vos declaro... Garnet! (Rubi e Safira beijam-se na boca. Rubi pega Safira no colo e funde-se com ela, formando Garnet, que fica com um vestido longo e terno. Os convidados aplaudem.)
Convidados: Eh!
(Na cena seguinte, todos estão dançando. Garnet joga o buquê muito alto, e Sadie, Connie, Jenny e Kiki ficam tentando ver onde ele parou. Jamie e Bill Dewey ficam chateados e saem dançando pela festa. Steven observa a festa, e Garnet o pega no colo.)
Garnet: Steven! (Eles riem.)
Steven: Oi, Garnet.
Steven e Garnet: Obrigado por tudo. (De novo, eles riem.) Eu precisava disso. (Eles riem.)
Garnet: Mas que ideia maravilhosa. Humanos têm um jeito de fazer a decisão de um momento durar pra sempre. (O buquê cai na mão de Bismuto.) Não preciso prever o futuro pra saber que sempre vou me lembrar disso.
Steven: Fico muito feliz. (Ele começa a chorar.)
Garnet: Ah, não, me desculpe. Não chore, Steven.
Steven: Acho que ver todo mundo junto me deixou bem emocionado. (Mais lágrimas saem de seus olhos e ele fica pensativo.) Espera aí... será que?... (Garnet tira seus óculos e prevê algo.)
Garnet: Diamante Azul!
Steven: Ela tá aqui!?
Garnet: E não está sozinha. (A cidade fica escura e todos ficam surpresos ao verem duas naves gigantes em forma de mão no céu: uma amarela e outra azul.)
Steven: São as Diamantes! (Todos começam a correr assustados.) Nanefua, pega o seu nanefone. Temos um alerta azul e um alerta amarelo!
Garnet: Esse é o momento. (As naves, ao contrário do que eles pensavam, vão até um ponto distante dali.)
Peridot: Estamos aqui, suas tontas!
Pérola: Hã? Pra onde elas foram?
Steven: Se não vieram nos atacar, devem ter vindo pra cá pela Drusa. (A nave de Diamante Amarelo começa a bater no chão em uma tentativa de fazer a Drusa emergir.)
Bismuto: Mas o que é a Drusa?
Steven: Uma geo-arma destruidora e enorme que as Diamantes fizeram com um zilhão de fragmentos de Gems. Eu acalmo ela dentro de uma bolha. Uso a mente pra me conectar com ela, mas só quando eu tô dormindo.
Bismuto: Dormindo? (Todos vão para dentro do Templo e Steven deita em sua cama para pegar no sono e conversar com a Drusa, mas parece que ele não consegue devido aos constantes tremores.)
Steven: Não adianta! Como é que eu vou dormir com isso?
Greg: Será que uma canção de ninar ajuda?
Connie: Eu não sei se isso vai... (Steven pega no sono. Ele consegue entrar em contato com a Drusa através do pensamento.)
Steven: Hã? A Drusa! (A bolha da Drusa está agitada e prestes a estourar.)
Drusa: Me ajuda!
Steven: Fica calma. Tenta não se formar. (A bolha da Drusa rompe e ela começa a se formar.) Não, não, não, não, não! (Steven acorda.) Estourou! (Todos vão para fora para poderem observar. A Drusa emerge com várias mãos indo em direção ao céu até ficarem do tamanho das naves e formarem uma grande mão de tecido musculoso.)
Nanefua: Atenção cidadãos de Beach City! Todos vão direto para seus abrigos designados! Repetindo, isso não é um treinamento! Vão todos já para os abrigos! (Ronaldo pega sua espada e vai para perto da Drusa, mas seu irmão o derruba e tira ele dali. A Drusa, em um gesto inesperado, ataca a nave de Diamante Amarelo, dando a um soco. Ela faz um sinal de okay para as Crystal Gems.)
Steven: Que bom, parece que ela tá se controlando, e tá do nosso lado. (A nave amarela e a Drusa começam a se atacar em uma queda de braços.)
Steven e Connie: Vai Drusa! Arrasa! (Quando todos pareciam se esquecer, a nave de Diamante Azul voa sobre o Templo e pára na praia. Ela se ergue, bate a palma no chão e Diamante Azul sai da nave.)
Garnet: Diamante Azul.
Greg: Tá na hora de jogar o velho charme do senhor universo, né não?
Todos: Não, Greg!
Greg: Tá bom, eu vou ficar quetinho aqui dentro. (Ele entra para dentro da casa.)
Diamante Azul: Rose Quartz... então você fugiu do Planeta Natal e voltou para cá. Esse é o planeta da Rosa. Como ousa usá-lo como seu esconderijo? Venha, responda pelo que fez! (Diamante Azul está chorando.)
Peridot: Isso é ruim, isso é ruim, isso é ruim, isso é ruim.
Bismuto: Vamos lá, pedrinhas. Vamos botá-la numa bolha!
Garnet, Ametista e Pérola: Vamos! (Elas invocam suas armas.)
Steven: Esperem, não tem motivo pra brigar. Deixem que eu falo com ela. (Steven desce e se apoxima de Diamante Azul.) Diamante Azul, por favor, me escuta. Eu não estilhaçei a Diamante Rosa, a Diamante Rosa tá aqui. É até interessante, parando pra pensar.
Diamante Azul: Basta! (Diamante Azul joga uma bola de energia em Steven, que é jogado para trás, mas é pego por Alexandrite.)
Steven: Espera um pouco!
Diamante Azul: Vocês não podem imaginar como eu sofri. O que milhares de anos de tristeza fizeram comigo. (A Diamante cria uma aura de tristeza que irradia toda a praia e faz Alexandrite se desfundir. Todas as Gems começam a chorar.)
Connie: Hã, o que tá acontecendo? Pessoal... (Connie não é atingida e apoveita o momento para chamar o Leão e ir até a Diamante para atacá-la.) Aguenta aí pessoal! (Ela fica de pé no Leão, saca a espada e salta com ela, mas Diamante Azul apenas pega a espada com a mão.) Ah!
Diamante Azul: Eu conheço essa espada. Essa é a espada que a estilhaçou! (Diamante Azul aperta a espada e a quebra, fazendo Connie cair.)
Steven: Hã? (Leão rapidamente pega Connie. Ela olha para o que sobrou de sua arma.)
Diamante Azul: Você merecem isso. Todas vocês!
Steven: Para, por favor!
Ametista: Steven...
Pérola: O que nós vamos fazer? (Todos estão chorando.)
Steven: Eu não sei. Ela não escuta, ela só quer lutar. (Garnet então começa a andar.)
Garnet: Diamante Azul!
Diamante Azul: E que você pensa que é, Gem?
Garnet: Eu sou o desejo de duas Gems de cuidar uma da outra e de proteger uma a outra de qualquer ameça, não importa o tamanho ou a crueldade. Você não me impediu há 5750 anos e não vai me impedir agora!
Diamante Azul: São vocês! Rubi e Safira. Você duas que bagunçaram a minha corte. (Garnet chega em Diamante Azul e começa a falar.)
Garnet: Hoje era pra ser o meu dia!
Diamante Azul: Você espera me derrotar se agarrando aos meus pés?
Garnet: Eu só precisava te impedir de dar três passos para a direita. (Gotas de água começam a pingar na cabeça de Diamante Azul quando ela percebe que Lapis está voando em cima dela com o celeiro envolto de água. Lapis arremessa a celeiro na cabeça da Diamante.)
Diamante Azul: O quê? (Ele cai com tudo nela e Garnet pula para trás. o efeito da aura é interrompido e todos param de chorar.)
Peridot: Lapis! (Lapis pousa no chão e Peridot vai correndo até ela.) Você voltou pra cá mesmo.
Lapis: Oi.
Steven: Lapis! Você voltou. (Ele abraça ela.) De novo. (Todos se aproximam dela.)
Lapis: Não dava pra não voltar. Se vão me punir como uma Crystal Gem, é melhor eu ser uma, não é? Tem espaço pra mais uma?
Steven: É claro que tem.
Bismuto: Guardem os abraços pra depois da luta. Atenção! (Diamante Azul se levanta jogando todo o celeiro para longe dela.)
Diamante Azul: Uma Lapis Lazuli. Será que toda Gem que entra em contato com este planeta se torna uma traidora!? (Diamante Azul emite uma aura mais forte de tristeza que põe todos a chorar, mas Lapis é a única que resiste.) O quê?
Lapis: Já me senti pior. Ah! (Lapis usa sua hidrocinese para prender a Diamante em correntes de água. Diamante Azul fica tentando se desvencilhar do ataque e sua aura é desfeita.) Tirem ela dessa praia!
Garnet: Agora é a nossa chance! (Todos usam suas armas e habilidades.) Unindo nossas forças vamos conseguir derrubá-la.
Steven: Verdade. É a nossa casa, nossa planeta, nossos amigos e família! Nós somos as Crystal Gems!
Diamante Azul: Patético! (Ela se livra das correntes de água e invoca um bola de energia.) Vocês não são nada! (A bola de energia começa a disparar vários tiros de energia que Steven logo protege com um enorme escudo rosa. Todos empurram o escudo até que os tiros cessem.)
Peridot: Vai! (Steven levanta o escudo e Connie sai com o Leão que ruge emitindo energia rosa; Ametista chicoteia a Diamante e quando ela vai atacar de volta, é presa na corrente de água; Pérola ataca com um tiro de seu tridente; Connie sai de um portal em cima da cabeça da Diamante; Garnet e Bismuto atacam com com suas respectivas armas e Peridot usa sua metalocinese para arremessar várias latinhas nela.) Aí,f Diamante Azul, vem lutar comigo.
Bismuto: Você tem coragem, nanica. Deixa eu te dar uma mãozinha. (Bismuto pega Peridot pela cabeça e a joga na cara de Diamante Azul.)
Steven: Todo mundo, junta aqui! (Eles se reagrupam, Lapis os envolve em água, usa uma mão que os pega, leva para trás e os lança na direção da Diamante. Todos a atacam e ela cai ajoelhada na praia.)
Diamante Azul: Uh! (Enquanto isso, a nave de Diamante Amrelo ainda está lutando contra a Drusa. A Drusa ergue a nave amarela no ar.)
Steven: Ah, gente? Corre! (A Drusa joga a nave em cima da nave azul que atinge Diamante Azul.)
Diamante Azul: Ah! (Uma grande parte da nave atinge o Templo, destruindo-o parcialmente.)
Pérola: A nossa casa!
Bismuto: Relaxa, eu concerto tudo.
Steven: Meu pai!
Bismuto: Opa.
Greg: Tá bom, eu fico aqui com vocês. (Greg sai da casa com a gata de Garnet nos braços.)
Connie: Conseguimos? (A Drusa se aproxima deles, já fraca.) Drusa, você foi o máximo! Tá tudo bem? Quer voltar pra sua bolha? (Ela faz um sinal de sim.)
Steven: Tá, pode ir. Você é demais. (A Drusa retorna para seu lugar.)
Garnet: Então isso é uma recepção de casamento. Hum, parabéns, organizador.
Ametista: Viram aquilo? Ela não conseguiu encostar um dedo em mim!
Peridot: Hum, mas reparou como eu tracei a trajetória perfeita bem pros olhos dela!? Vou demonstrar. Me arremessa de novo. (Peridot pula nos braços de Bismuto.)
Bismuto: Hahaha, gostei de você, Peridot. (Barulhos surgem da nave amarela e todos ficam apreensivos.De repente, Diamante Amarelo sai da nave e ajuda Diamante Azul a sair debaixo da nave.)
Peridot: Ha, eu já xinguei ela uma vez. (Ela sai dos braços de Bismuto e vai em direção a Diamante Amarelo.) Vou lá xingar de novo. Aí, trouxa amarela! Se lembra de mim?
Diamante Amarelo: Não. (Diamante Amarelo poofa Peridot com sua eletrocinese. A Gem de Peridot cai na areia.)
Steven: Parem! (Steven se aproxima das Diamantes.) Não façam isso! Me escutem, vocês sentem falta de mim. Sou eu a Diamante Rosa.
Diamante Amarelo: Você!?
Steven: Ah. (Diamante Amarelo, ao lembrar-se de Steven, corre em alta velocidade até ele. Steven ativa seu escudo para se proteger, mas ela pisa nele com força, fazendo o ficar desacordado.)
Garnet: Steven!
(Steven se vê em um mundo psíquico, onde ele pode escutar o que todos pensam.)
Connie: Acorda, Steven!
Steven: Connie, o que foi?
Connie: Anda, por favor, acorda.
Steven: Já acordei, acordei. O que houve? Connie, eu tô bem aqui. (Steven se levanta, mas seu corpo permanece no chão e ele parece translúcido.)
Connie: Anda, Steven, precisamos de você.
Steven: Ah! (Steven se assusta ao perceber que está fora de seu corpo.) Como é que é isso? Hã? Tá, isso é novo. (Steven passa a mão na sombra de seu corpo deitado no chão.) Que lugar é esse? Hã? (Ele percebe gigantes estátuas de todos e seus respectivos donos em cima delas. Lapis se ergue na água.)
Lapis: O que mais vocês têm? Acabei de começar a lutar. (Lapis é atingida pela eletrocinese de Diamante Amarelo e recua à sua Gem.) Hã? Lapis! Connie, você tá vendo isso?
Connie: Acorda, vai, por favor! (Connie, em pensamento diz: A gente devia estar nessa junto, lembra?)
Steven: Hã, Connie, eu tô bem... (Steven passa pelo corpo de Connie, que sente sua presença.)
Connie: Hã? Steven? (Ele pega na mão dela e ela sente.)
Steven: Connie, sou eu!
Connie: Ah, cadê você? Como você...?
Steven: Eu não sei, Connie. Acho que é uma situação clássica fantasma-psíquico.
Connie: Ah, é claro. Então... qual é o seu plano?
Steven: As Diamantes não querem me ouvir lá fora, mas, talvez dê pra falar com elas aqui. Elas têm que saber que a Diamante Rosa não foi estilhaçada. Por favor, protege meu corpo enquanto eu vou lá.
Connie: Tá bem. Boa sorte lá, Steven. (Ele solta a mão dela e vai em frente. Ele pula e vai até a estátua de Garnet.)
Garnet: É isso. Tenho que proteger todos. Tenho que proteger todos eles. (Garnet fala em pensamento.)
Steven: Você consegue, Garnet. Lembra, você é feita de amor! (Steven atravessa Garnet, que o sente.)
Garnet: Steven? Hum, sempre cheio de surpresas. (Steven pula até a estátua de Ametista.)
Ametista: Não seja estilhaçada, não seja estilhaçada. (Ela fala em pensamento.)
Steven: Você consegue, Ametista, acredito em você. (Ele passa pelo corpo de Ametista, que o sente.)
Ametista: Steven? Eu consigo, eu consigo, eu consigo! (Ela fala em pensamento. Steven vai até Pérola.)
Pérola: Não vou desistir. Tudo que eu faço, eu faço por ela. Eu faço por ele! (Ela fala em pensamento. Steven passa pelo corpo de Pérola, que também o sente.)
Steven: Não se esquece de você, Pérola!
Pérola: Eu faço por mim! (Ela fala em pensamento. Steven vai até a estátua de Bismuto.)
Bismuto: Acabei de recuperar os meus amigos e agora vou perder de novo?
Steven: A gente vai conseguir, juntos! (Steven passa pelo corpo de Bismuto, fazendo com que ela o sinta.)
Bismuto: No que eu estou pensando? Nós não perdemos ainda! (Ela fala em pensamento. Steven vai até a pedra de Peridot.)
Steven: Aguenta aí, Peridot. Você também, Lapis. (Steven pula e vai até as Diamantes.)
Diamante Amarelo: Que desgraça. Sabia que a Rosa não aguentaria a própria colônia, mas, eu cedi. E agora, a culpa é minha pelo que aconteceu. (Diamante Amarelo fala em pensamento enquanto Steven tenta se apoximar, mas é afastado pela eletricidade dela.)
Steven: Ah, pensamentos fortes demais.
Diamante Azul: Do que adianta tudo isso? Quanto mais eu faço essas Gems sofrerem, mais eu quero ver você de novo, Rosa. (Ela fala em pensamento e chora. Steven tenta se apoximar, mas é novamente afastado, dessa vez pelo poder de Azul. Ele insiste e passa pelo poder. Ele consegue encostar nela.)
Steven: Quase lá! Diamante Azul, por favor, escuta! (Steven é afastado.) Ah!
Diamante Azul: Hã? Eu senti alguma coisa. Senti alguém.
Steven: Funcionou. Eu tenho que chegar até elas. (Ele nada até chegar em Azul.) Ah! (Ele chega nela.) A Rosa não morreu! Eu posso explicar se pararem com essa luta! Ah! (Steven é afastado.)
Diamante Azul: Eu senti outra vez.
Diamante Amarelo: O que é que você está falando aí?
Diamante Azul: Uma presença. Parece que é...
Diamante Amarelo: Por favor, Azul. Você está sendo histérica. Mais até do que o normal. (Steven chega em Amarelo e pega no rosto dela.)
Steven: Escuta, Amarelo. O destino da Rosa é diferente do que pensa. Ela fingiu o estilhaçamento! (Steven é afastado.)
Diamante Azul: Esse sentimento, eu conheço. (As duas Diamantes ficam em alerta.)
Diamante Amarelo: Só pode ser um truque! Apareça, inimigo!
Steven: Eu não sou seu inimigo. Por favor, só me escutem!
Diamante Amarelo: Ali! (As Diamantes usam seus poderes em Steven.)
Steven: Ah! (Steven os desvia usando uma aura rosa, que deixa as Diamantes surpresas.) Por favor, a briga tem que acabar. Não somos inimigos, somos família. Por favor, me escutem. Eu preciso que vocês saibam quem eu sou! (Steven emite auras na direção das duas Diamantes.)
Diamante Azul: É impossível.
Diamante Amarelo: Essa aura. (Steven pousa na mão das Diamantes. Ele acorda.)
Steven: Hã! (Todos estão olhando fixamente nele.)
Diamante Azul: É você... Rosa! (Diamante Azul fala chorando.)
(O episódio acaba com as Diamantes enfim descobrindo a verdade.)

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.